<$BlogRSDUrl$>

Em Cima Delas Que Nem Caes ou Em Baixo Deles Que Nem Cadelas!!!

domingo, 28 de março de 2004

A Paixão de Cristo.

Depois do grande sucesso, e da grande polémica, que o filme "A Paixão de Cristo" causou, Mel Gibson prepara-se para fazer a sequela:

Paixão de Cristo II - A Ressurreição. SBT


quinta-feira, 25 de março de 2004

É natural

Saiu hoje a decisão do tribunal sobre o caso da ponte de Entre-os Rios.
Uma decisão que tardou pela demora, mas a meu ver com inteira justiça. Decisão essa que refere que a ponte caiu por causa naturais.
Eu digo que esta decisão é justa porque é natural retirar areia da base dos pilares, sem a devida autorização e sem pensar nos riscos; é natural que não se tome medidas, quando se sabe que nem tudo estava bem; é natural passar cerca de 4 mil carros por dia, e haver algum desgaste; é natural no fim do processo não haver culpados.
Assim já podem ver que é natural a ponte ter caído! SBT


quarta-feira, 24 de março de 2004

Nem tudo está perdido!

É mesmo assim! Depois da morte do líder espiritual do Hamas, Ahmad Yassin, é caso para dizer que nem tudo está perdido para este movimento.

Como sabemos o senhor Yassin, pai 11 filhos, era tetraplégico. Ora, com a substituição deste pelo Abdel Aziz Rantissi, a esperança renasce para os apoiantes do Movimento Islâmico de Resistência.

É que dada a situação do falecido bastião, podemos afirmar com toda a certeza que, agora sim, este é um Movimento com pernas para andar!

Magallanes


domingo, 21 de março de 2004

Em Portugal não!

A equipa de investigadores do EmCimaDelas interceptou uma mensagem de Bin Laden para as células peninsulares da Al-Queda. Passamos a transcrever.

"Aconselhamos todos os filhos de Maomé a não tentarem qualquer atentado em Portugal. É um país complicado. Uma acção nossa dificilmente traria algum proveito para a nossa Sagrada Causa.
1 - Nenhum atentado por nós tentado teria resultados mais espectaculares no congestionamento do tráfego ferroviário do que aquele conseguido pela própria CP.
2 - É difícil planear um atentado em comboios e autocarros. Nunca se consegue saber a que horas passam nem sequer os dias em que circulam, devido às greves constantes.
3 - A reivindicação do atentado seria de uma inutilidade extrema. A oposição portuguesa iria imediatamente culpar o ministro da Administração Interna, o secretário de Estado dos Transportes e as empresas transportadoras. Qualquer alegação da nossa parte seria recebida com desdém pelo Bloco de Esquerda. "Al-Qaeda? 'Teja calado. 'Tá-se me'mo a ver c'a culpa é dos c@brões das empresas capitalistas e do governo que lhes apara o jogo. Fazem tudo para poupar uns trocos. Isto é de certeza uns motores mal amanhados que compraram na Coreia do Sul, de uma fábrica que deixou aqui centenas no desemprego. É o que lhe digo, amigo, a globalização. Al-Qaeda... Tenha juízo, pazinho."
4 - Alertamos também para a dificuldade de organizar uma acção como a de Madrid. Em Portugal, mal um de vocês deixasse uma mochila no comboio, logo um simpático português correria atrás de vocês a gritar "Ó chefe, chefe, esqueceu-se do seu saco, amigo." E depois pensaria para si mesmo: "Sacana do indiano ainda faz má cara. Vem um gajo aqui de manhãzinha, descansadinho da vida e ainda tem de ser criado desta estrangeirada toda."
5 - Não será fácil mobilizar o povo contra a presença de tropas portuguesas no Iraque. Os portugueses, pelas informações que obtivemos, gostariam que TODA a GNR - principalmente uma tal BT - estivesse destacada no Iraque ou em qualquer lugar bem longe do país.
6 - A detonação por telemóvel é também bastante desaconselhável. Devido à quantidade de telemóveis em território português, existe o perigo real dos explosivos rebentarem em alturas menos próprias com algum dos constantes toques que se fazem ouvir a toda a hora e em qualquer lugar.
7 - Também gostaríamos de alertar para o perigo real da presença de jornalistas da televisão no local dos atentados a perguntar às pessoas o que sentem depois de terem ficado sem uma perna, com a cara desfeita ou partidos em dois.
Ao pé dessa gente, a AQ é um bando de organizadores de festas de salão. Procurem mas é outro sítio, que esse já está suficientemente rebentado.

Vosso,
Binbin"

RC


Na mesma onda....

Já que estamos numa de piadas com nível.... aqui vai.

Como é que as enzimas se reproduzem?
Uma emzima da outra!

=S

Róta Catóta


quarta-feira, 17 de março de 2004

Não resisti

Sabem o que diz a centopeia macho à centopeia fêmea?

- Que belo par de pernas, par de pernas, par de pernas.... SBT


sexta-feira, 12 de março de 2004

Life goes on!

Ultimamente este blog tem sido um pouco negligenciado, um pouco por falta de tempo, um pouco por falta de tema.
É que, exceptuando o atentado em Madrid, poucas novidades tem havido.
O país continua deprimido, o FC Porto continua a ganhar, os pedófilos continuam presos, o Santana continua a arranjar esquemas para aparecer (nem o Papa escapou), o Castelo-Branco continua a aparecer nas revistas, e eu continuo na minha vida.
Saúdinha é o que é preciso! SBT



terça-feira, 9 de março de 2004

Avelino Ferreira Torres...

... esse grande homem da política nacional, ao seu melhor nível.

SBT



terça-feira, 2 de março de 2004

Errata

Caro P.M, se me é permitido emendá-lo, no post onde se lê "Senhor Dr. Magallanes", deve ler-se "Senhor Magallanes".
É só para não induzir nenhum leitor em erro. SBT


Exelentíssimo Senhor Dr. Magallanes


Sei que sem qualquer margem dúvida a minha participação neste espaço de tertúlia, que devo mencionar ser de agradável destaque,
não tem sido deveras exepcional nem tão pouco assídua como se calhar seria de esperar e que talvez esteja condicionada por uma indubitável série de factores que considerei nao serem relevantes mencionar para o caso em questão. No entando deverei frisar de forma redundante que tal facto não se resume de maneira alguma a uma questão de divergência de postura ou mesmo de opinião, muito pelo contrário.
Desta forma, gostaria então de manifestar a minha profunda surpresa por não ter feito referência a uma noticia de cariz nacional, que por sinal considero de significante relevo, e que recentemente foi divulgada pelos nossos tão presados meios de comunicação social.
Notícia esta respeitante a uma incontornável individualidade da vida política portuguesa que tantas alegrias nos tem dado e que através
da sua notável mundividência em muito tem contribuído para a ascensão do panorama humurístico português.
Visto tratar-se de uma espécie endémica das terras do Marco e que lamentavelmente se encontra em vias de extinção, sugeria se me o permitisse que nos presenciasse com um dos seus agradavéis momentos de catarse que tão elegantemente o caracterizam.
Deverei no entanto pedir as minhas mais sinceras desculpas por este pequeno reparo não deixando contudo de ficar na expectativa
de alegremente receber notícias suas.

Agradecido pelo tempo dispendido,
Atentamente


P.M


This page is powered by Blogger. Isn't yours?